Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

coruche à mão

preservar memória / criar valor

coruche à mão

preservar memória / criar valor

PATRIMÓNIO EDIFICADO

No âmbito do desafio colocado no 1º post sobre património edificado, "Sinalizar em Coruche, através de registo fotográfico, elementos arquitetónicos cuja execução surgiu através da mão…" chegaram mais fotografias,  algumas relativas a locais de culto religioso (Ermida de Nª Srª do Castelo e igreja matriz), outras associadas à industria de Coruche, anos 20 (antiga fábrica de esmalte e moagem) e o aqueduto do Monte da Barca, peça medieval com 1000 metros de comprimento e arcos com a envergadura máxima de 3,40m e uma altura que chega a atingir os 4 metros.

Hoje publico o olhar dos fotografos José Cordeiro e Francisco Potier Dias. Obrigado e abraço a ambos 

 

Aqueduto Monte da Barca (Cópia).JPG

 Aqueduto - Monte da Barca - Coruche / Créditos Fotogáficos - José Cordeiro

Fábrica do esmalte (Cópia).JPG

Antiga fábrica de esmalte - Coruche / Créditos Fotogáficos - José Cordeiro

Moagem (Cópia).JPG

 Antiga moagem - Coruche / Créditos Fotogáficos - José Cordeiro

12380447_1304748639538962_1710520435_n.jpg

 Ermida de Nossa Senhora do Castelo - Coruche / Créditos Fotogáficos - Francisco Dias Potier

12516457_1308533422493817_1791531276_n.jpg

   Ermida de Nossa Senhora do Castelo - Coruche / Créditos Fotogáficos - Francisco Dias Potier

12910263_1308533382493821_1767392302_n.jpg

 Igreja matriz - Coruche / Créditos Fotogáficos - Francisco Dias Potier