Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

coruche à mão

preservar memória / criar valor

coruche à mão

preservar memória / criar valor

REPRESENTAÇÕES PICTÓRICAS DE CORUCHE E OS SEUS PROTAGONISTAS

A pintura acompanha o homem por toda sua história e foi-se desenvolvendo ao longos dos séculos, com exceção do período grego clássico, onde a escultura se sobrepôs à pintura

A partir do século XIX, com o crescimento da técnica de reprodução de imagens, graças à Revolução Industrial, a pintura perde espaço. Até então a gravura era a única forma de reprodução de imagens. Com o surgimento da fotografia a função principal da pintura de cavalete, a representação de imagens, enfrenta uma competição difícil. Essa é, de certa maneira, a crise da imagem única e o apogeu de reprodução em massa.

No século XXI a pintura de cavalete continua a ser valorizada, não obstante as várias formas de reprodução técnica que têm surgido, como o vídeo e diversos avanços na produção gráfica.

A partir da revolução da arte moderna e das novas tecnologias os pintores adaptaram técnicas tradicionais ou abandonaram-nas, criando novas formas de representação e expressão visual.

Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pintura; Lexicoteca – Moderma Universal Enciclopédia, Circulo dos Leitores, pág 35.

 

Em Coruche há artistas no âmbito das artes visuais que expressam, em papel ou tela, com vários pigmentos e outros materiais, alguns inovadores, as mais diversas representações de Coruche, o seu património edificado, as paisagens urbanas e outras...

 

Heraldo Bento, é uma referência em Coruche. Tem criado representações visuais no âmbito do património edificado e paisagem urbana de Coruche, utilizando de forma empírica diversas técnicas, desde pastel, tinta da china, colagem com tecidos, etc.

Uma figura singular, autodidata, muito interessado por questões culturais de Coruche e, apesar de apenas possuir o ensino básico como habilitações académicas, faz caminho na vida há cerca de 90 anos e nem a chuva o demove de seguir em frente... 

Foto Heraldo.jpg

 Créditos fotográficos: José João Ferreira

 

Heraldo Bento é para mim um bom exemplo!

 

Nota biográfica:

“Com apenas 9/10 anos de idade começa a desenhar, muito incentivado por uma professora do ensino particular.

Aos onze anos abandona a escola e emprega-se no comércio, tendo organizado a sua  primeira exposição aos 15 anos com desenhos sobre Coruche. Só em 1964 se estabelece por conta própria, abrindo uma retrosaria no centro histórico de Coruche.

A partir de uma coleção adquirida pela Câmara, começou não só a pintar e a vender quadros com mais regularidade como colagens com tecidos e pastel. Sem ter tido a influência de qualquer corrente estética ou ideológica, vai realizando trabalhos, em mostras coletivas ou em exposições individuais, como, entre outros, os trabalhos apresentados no Fórum de Santarém, Salão Tadeia, Casa da Cultura em Mora e Bienal de Artes Plásticas / Percursos com Arte – Envolvências Locais - 2013.

Sem nunca abandonar o desenho e a pintura, dedica-se à escrita, registando as suas experiências e saberes de uma longa vida dedicada às vivências culturais de Coruche. Acontecem assim os livros O rio Sorraia e Coruche, Um olhar sobre Coruche e Francisco de Brito Freire.

 in: Brochura Bienal de Artes Plásticas / Percursos com Arte, 2013.

 Revisão: Ana Paiva

 

Em baixo uma pequenissima mostra da obra de Heraldo Bento, no caso são desenhos a tinta da china:

 

2 - Travessa do Arco (antigo Beco da Judiaria).jpg

 

Desenho - Tinta da china s/ papel

Travessa do Arco (antiga Beco da Judiaria)

8 - Travessa do Arco (antigo beco da Judiaria).jpg

 Desenho - Tinta da china s/ papel

 Travessa do Arco (antiga Beco da Judiaria)

9 - Vista da vila e do castelo.jpg

 

 

 

Desenho - Tinta da china s/ papel

 Vista da Vila e do Castelo

11 - Travessa de Valadares.jpg

 

 Desenho - Tinta da china s/ papel

 Travessa de Valadares

 

Nota: A Câmara Municipal de Coruche tem a posse de algumas obras de Heraldo Bento, tendo inclusivé editado em postal alguns dos seus desenhos, nomeadamente as imagens acima publicadas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.