Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

coruche à mão

preservar memória / criar valor

coruche à mão

preservar memória / criar valor

FIOS - LINHO, ALGODÃO, LÃ e OUTROS

Exposição: TALEIGOS

 

Aconteceu no passado sábado, dia 22 de setembro pelas 16h, a abertura da exposição TALEIGOS, na travª dos Guerreiros, nº 8 em Coruche.

42286087_2119829538029575_8657968325667586048_n.jp

 Créditos fotográficos: Fernando Marques

42608015_237211990282473_7278976574576132096_n.jpg

42638789_2132799433640864_5655386221229113344_n.jp

 Créditos fotográficos: Paulo Fatela

 

O propósito da exposição foi no sentido de sair do registo virtual e humanizar as dinâmicas que vão acontecendo no âmbito do blog Coruche à Mão, o qual tem como lema: Preservar Memória / Criar Valor. 

Foi uma alegria ver a travª dos Guerreiros com vida, com gente! Várias gerações presentes, todos conviveram, uns jogaram à bola, outros degustaram doce de abóbora dourada, confecionado por Clotilde Fatela, enquanto fruíam  as peças expostas, taleigos ( antigos | retalhos | bordados | aplicações | crochet ), bem como diversos suportes que receberam os protagonistas, nomeadamente máquinas de costura (marcas: Oliva e Singer), ferros de engomar (antigos)  e  peças de mobiliário. 

O meu agradecimento a todos os que mais uma vez aceitaram o desafio, que passou  pela produção de taleigos (sacos de pano) que aconteceu numa perspetiva de manter a tradição, nomeadamente no que se refere ao conceito de reutilização de materiais e a utilização das peças por forma a sermos mais amigos de ambiente. 

Valorizei de coração todas as presenças, contudo relevo a visita de Rosa Pomar uma investigadora, empresária, autora, blogger, aprendiz e mestra de técnicas tradicionais. Rosa Pomar tem um universo inteiro de coisas singularmente nossas para partilhar, da lã fiada à mão no Minho aos cestos de cana algarvios. 

Reiterar aqui o agradecimento à D. Manuela Capaz a cedência do espaço e à drª Luísa Portugal pela colaboração incondicional e, ao João Santos pelo apoio logístico. 

Como nota final,  referir que não foram efetuados quaisquer contactos para recolha de sacos antigos, no entanto, durante o desafio e após a abertura da exposição  muitas pessoas  demonstraram disponibilidade para  cedência de peças nesse âmbito. A receção e a exposição desse espólio implica um outro projeto expositivo para o qual o Coruche à Mão não tem meios para desenvolver, lamento!!!

42294941_2119829044696291_8747532107619762176_n.jp

42306145_2119828121363050_564636269250871296_n (1)

42319614_2119828174696378_5243584494895628288_n.jp

42286607_2119829208029608_3016225965702381568_n.jp

42374668_2119829664696229_6778405265873043456_n.jp

42367839_2119829321362930_6947613443893493760_n.jp

42291077_2119830034696192_5761399152399351808_n.jp

42280366_2119827884696407_3995792325270831104_n.jp

42340542_2119828388029690_876868417301250048_n.jpg

42423055_2119829618029567_2076452757304246272_n.jp

Créditos fotográficos: Fernando Marques

42473001_1357540867714670_561470573411041280_n.jpg

42549064_2138055309793970_3364715630665138176_n.jp

42656896_335621366987238_2368345031162462208_n.jpg

Créditos fotográficos: Paulo Fatela

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.