Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

coruche à mão

preservar memória / criar valor

coruche à mão

preservar memória / criar valor

GASTRONOMIA

MEL

 

A propósito das várias aplicações do mel na gastronomia...

 

Estamo-nos a aproximar do dia de Todos-os-Santos, celebração em honra de todos os santos e mártires, é festejado pelos  crentes de muitas das igrejas da religião cristã.

A Igreja Católica celebra a Festum Omnium Sanctorum (Festa de Todos-os-Santos) no dia 1 de Novembro. A Igreja Ortodoxa celebra esta festividade no primeiro domingo depois do Pentecostes fechando a época litúrgica da Páscoa, tal como a Igreja Católica Oriental. A Igreja Anglicana também celebra o dia de Todos os Santos com o mesmo significado que nas Igrejas Católicas e Ortodoxa. Na Igreja Luterana, o dia é celebrado principalmente para lembrar que todas as pessoas batizadas são santas e também aquelas pessoas que faleceram no ano que passou, pelo que o significado da celebração também é quase idêntico ao de outras igrejas cristãs.

As broas de mel são uma tradição gastronómica da festividade do dia de Todos os Santos, assim divulgo neste forum duas receitas, uma publicada no opúsculo Comeres de Coruche e outra no Coruche à mesa e outros manjares. Contudo lanço, também, o desafio as vários amigos para partilharem receitas.

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_de_Todos-os-Santos

 

Broas de Mel

1 tigela de azeite

2 tigelas de mel

2 tigelas de água

3 tigelas de farinha de trigo

1 tigela de farinha de milho

Canela q.b.

Erva doce q.b.

 

Põe-se ao lume os líquidos com os temperos e quando ferverem  juntam-se as farinhas que se  mexem muito bem com uma colher de pau.

Tendem-se depois as broas pondo em cada uma, uma amêndoa.

Vão ao forno a cozer

 

In: “Comeres de Coruche”, Associação para o Estudo e Defesa do Património Cultural e Natural do Concelho de Coruche, 1993, pág. 43

 

Broas

400 g de farinha de milho

1 kg de farinha “Espiga”

1 Kg de farinha “Branca de Neve”

15 pedrinhas de sal

125 g de manteiga

180 g de banha

3 dl de azeite

meio litro de mel

1 cálice de aguardente

2 pacotinhos de canela

1 pacotinho de erva-doce

700 g de açúcar amarelo

2 colheres de chá de “Pó Royal” e água.

 

Coloca-se num alguidar a farinha de milho e as pedrinhas de sal e escalda-se com um pouco de água a ferver. Leva-se a derreter a manteiga e a banha e deitam-se sobre a farinha escaldada.

Junta-se o resto ds ingredientes com exceção das farinhas. Às farinhas mistura-se o “Pó Royal” deitando-se depois a pouco e pouco até estarem bem incorporadas.

Por fim tendem-se as broas para tabuleiros que devem estar polvilhados com farinha. As broas devem ser pinceladas com gema de ovo. Vão ao forno até a gema  ganhar um bela cor  acastanhada e as broas ganharem um pouco de solo.

 

In: Labaredas, José – Coruche à mesa e outros manjares, Lisboa: Assírio e Alvim, 1999, p. 267.

 

003.JPG

 

Broa de mel - produção casa "Flausino" 

Créditos fotográficos: Paulo Fatela 

 

São seis as variedades de broas que a padaria Rosão, com instalações em Lamarosa - Coruche, produz e comercializa.

Broa da Aldeia.JPG

Broa da aldeia - produção padaria Rosão

Broa da avó.JPG

Broa da avó - produção padaria Rosão

Broa de Café.JPG

Broa de café - produção padaria Rosão

Broa de mel à antiga.JPG

Broa de mel à antiga - padaria Rosão

Broa de mel e noz.JPG

Broa de mel e noz - padaria Rosão

Broa de milho e mel.JPG

Broa de mel e milho - padaria Rosão

Créditos fotográficos: Paulo Fatela

 

Receita partilhada por Luísa Serrão:

 

Broas de mel

500 grs  açúcar amarelo

2,5 dl  mel

0,5 l azeite

1 Kg de farinha branca de neve

1 pacote de erva doce

1 pacote de canela em pó

1 l de água

Nozes (picadas)

 

 

Leva-se a ferver a água, o açúcar,  o mel, o azeite, a canela e a erva doce, baixa-se o lume e deita-se a farinha. Moldam-se as broas e vão ao forno a alourar.

 

Foto Luísa 1.jpg

 Créditos fotográficos: Luisa Serrão 

 

Receita partilhada por ML Mesquita:

 

Broas de mel da avó Joana

0,5l de azeite

0,5l de mel

0,5l de água

erva doce e canela a gosto,

150grs de açúcar amarelo

1/2kg de farinha de milho

1/2kg de farinha de trigo

 

Ferve-se  num tacho o azeite a água o mel a erva doce a canela e o açúcar amarelo. Quando levantar fervura vão-se deitando as farinhas que já foram previamente misturadas, mexendo sempre até a massa secar. Deixa-se arrefecer e de seguida tendem-se as broas, levam-se ao forno com amêndoa por cima.

14690969_1867497810139968_6031681000704028546_n.jp

  Créditos fotográficos: Lubélia Raposo / Edição: Paulo Fatela 

 

Receita partilhada por Maria Helena Reis:

 

Broas de açúcar

1l de água

1/2 l de azeite

1kg de açúcar amarelo

1kg de farinha de trigo

1colher de sopa de canela

1colher de sopa de erva doce (depende do gosto )

Nozes (picadas)

 

Vão todos ingredientes a ferver com excepção da farinha que é colocada lentamente, com o lume brando. Quando a massa se descolar da panela retira-se do lume e  ainda morna tendem-se as broas. As nozes são colocadas antes da farinha . Vão ao forno a alourar.

 

Receita partilhada por Manuela Mesquita:

 

Broas de mel e noz

 

1 l de mel

1 l de água

0,5 l de azeite

250 grs de açúcar

800 grs de farinha de trigo

250 grs de farinha de milho

1 colher de chá de erva doce

1 pitada de sal

100 grs de nozes

 

Levam-se ao lume os líquidos e a canela, erva doce e o sal, quando começarem a ferver juntam-se-lhes as farinhas misturadas previamente, e as nozes aos pedacinhos, mexe-se tudo muito bem e retira-se do lume. Deixa-se a massa arrefecer,  moldam-se as broas a gosto, coloca-se um pedaço de noz em cima e levam-se ao forno, num tabuleiro levemente untado com gordura. Podem ser polvilhadas com açúcar. 

14877836_1179278332156996_1824201987_n.jpg

   Créditos fotográficos: Manuela Mesquita

 

Receita partilhada por Eunice Silva:

 

Broas de mel com amêndoas

 

70 ml de mel

70 ml de azeite

70 ml de água

120 g de açúcar

250 g de farinha

200 g de amêndoa moída

2 colheres de chá de fermento em pó

3 colheres de chá de canela moída

 

Num tacho coloca-se o mel, o azeite, a água e o açúcar e leva-se ao lume para aquecer e dissolver o açúcar.

Numa taça grande mistura-se a farinha, o fermento, a amêndoa e a canela. Faz-se um buraco no meio e deita-se a mistura anterior, mexe-se até formar uma bola que se solta da taça.
Unta-se as mãos em azeite e formam-se bolinhas do tamanho de uma noz, achatam-se, ligeiramente, e coloca-se uma amêndoa em cima, pincelam-se com leite ou com gema de ovo diluída numa colher de sopa de leite.
Leva-se ao forno aquecido a 180º em tabuleiro forrado com papel vegetal, durante cerca de 15 minutos.

 

Foto.jpgCréditos fotográficos: Eunice Silva 

 

 

 

GASTRONOMIA

RECEITAS COM TOMATE

O tomate é um dos produtos hortícolas de maior importância no Ribatejo. O tomate tem a vantagem de poder ser consumido em fresco ou transformado: concentrado, em polpa ou pelado. Por cá produz-se o tomate especialmente para transformação.

Grandes empresas industriais, situadas em Almeirim, Benavente e Azambuja, são os parceiros dos agricultores ribatejanos.

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Ana Maria Ribeiro:

 

SOPA DE TOMATE COM FIOS DE OVOS

 

Era uma sopa de Verão que se fazia em casa de meus pais, em Lisboa e à qual não dava grande importância, talvez pela sua simplicidade, mas como tudo que marca a nossa infância, dei por mim a introduzi-la habitualmente em minha casa e todos a apreciam.

 

INGREDIENTES:

Tomate redondo (tomate maçã)

Cebola

Alho

Coentros

Azeite

Água

Sal

Ovos

 

Vamos lá preparar a sopa: Numa panela juntam-se o tomate e a cebola picados bastante miúdo, visto que esta sopa não é triturada, um dente de alho esmagado, água, azeite e sal a que  junto um ramo de coentros, já influenciada pelos sabores ribatejanos e alentejanos.

Ferve bastante tempo até cozer e desfazer bem todos os ingredientes.

Numa tigela batem-se bem alguns ovos inteiros, conforme o tamanho da panela e deitam-se em fio para dentro da panela com a sopa, mexendo rápido para que fiquem fios bem fininhos, tudo isto já com o lume apagado.

Pode servir-se esta sopa com croutons ou coentros frescos picados."

 

13940895_1127467100623287_911069491_n.jpg Créditos fotográficos: Fernando Serafim 

 

 

Hoje sou eu que partilho uma receita, como diz o ditado “no tempo do tomate não há maus cozinheiros”.

 

OVOS  DE TOMATADA

No verão, em casa dos meus avós maternos, comíamos ovos de tomatada. Para mim tornou-se tradição, pelo que todos o verões faço ovos de tomatada,  traz-me muitas e boas  memórias ...

 

INGREDIENTES (Uma dose):

Uma folha de louro

Tomate

Uma cebola (grande)

Dois ovos

Pão (caseiro)

Azeite

Sal, qb

Óregãos (secos)

009.JPG

Num tacho coloca-se o louro, a cebola cortada em rodelas finas e o tomate, previamente pelado e sem grainhas, rega-se com azeite. Leva-se o preparado ao lume com um pouco de água. Deixa-se cozinhar e apurar a gosto, contudo é conveniente que a tomatada fique com textura. Escalfam-se os ovos, em água e vinagre.

Torram-se fatias de pão.

 

Empratamento:

Colocam-se as fatias de pão torrado  e em cima a tomatada, para finalizar os ovos escalfados, salpicados com óregãos secos.

012.JPG

 

Créditos fotográficos: Paulo Fatela

 Acompanha com batata frita, em palitos, salpicada com oregãos.

 

Receitas com tomate como ingrediente principal, partilhadas por Rosa Nunes:

 

OVOS COM TOMATE

Leva-se ao lume uma frigideira com azeite. Quando quente junta-se um (ou mais) tomate lavado e cortado em pedaços pequenos. Vai-se mexendo, até o tomate se desfazer. Juntam-se os ovos que se quiserem, ligeiramente batidos com um garfo e mexe-se bem. Pode temperar-se de sal a gosto.

A minha mãe ensinou-me a fazer "Ovos com tomate", que julgo ser uma receita típica na zona dela (Almodôvar - Baixo Alentejo).

 

SOPA DE TOMATE

INGREDIENTES:

1 kg de tomate chucha (tomate de cacho também é adequado)
2 colheres (sopa) de azeite (de boa qualidade)
2 cebolas médias
4 dentes de alho
3 colheres (sopa) de tomate em pedaços
1 pacote pequeno de açúcar
Sal, pimenta, hortelã e orégãos q.b.
5 ovos (1 ovo por pessoa)

Preparação:

Tira-se a pele e as sementes dos tomates e reservam-se.
Numa panela, coloca-se o azeite a aquecer e junta-se as cebolas em meia lua e os alhos fatiados grosseiramente. Deixa-se refogar muito bem mas sem queimar.
Junta-se o tomate limpo, o tomate em pedaços e o ramo de hortelã. Deixa-se cozinhar um pouco. Retira-se a hortelã e tritura-se tudo com a varinha mágica. Adiciona-se o sal, a pimenta, o açúcar e deixa-se cozer durante 10 minutos em lume brando.
Entretanto, numa tigela, coloca-se os ovos (sem a casca) e, quando a sopa estiver a ferver, juntam-se (sempre em lume brando) e deixa-se cozinhar até que estes cozam.
Num terrina de servir, colocam-se algumas fatias de pão (há quem prefira colocar as fatias de pão directamente no prato). O pão deve ser de véspera.
Quando os ovos estiverem cozidos, coloca-se a sopa na terrina e serve-se de imediato.

 

SOPA DE TOMATE

INGREDIENTES:

1 cebola
4 tomates maduros (ou uma lata de tomate inteiro pelado)
2 dentes de alho
2 batatas médias
4 punhados de arroz agulha (1 por cada pessoa)
4 ovos
Sal e pimenta
Azeite q.b.

Preparação:

Picar as cebolas e os alhos.
Cortar as batatas em fatias muito finas e pelar os tomates.
Aquecer um tacho, cobrir o fundo com azeite e juntar a cebola, o alho, sal e pimenta a gosto. Deixar refogar até a cebola estar translúcida e juntar os tomates em pedaços generosos. Juntar as batatas e adicionar água quente (cerca de um litro). Deixar ferver durante 5 minutos.
Adicionar então o arroz e deixar cozer. Assim que o arroz estiver cozido, juntar mais água, se necessário, verificar o sal e partir os ovos directamente para dentro do tacho (de preferência em sítios diferentes para ficarem separados).
Cozinhar durante 5/6 minutos, tirar do lume e cobrir com a tampa até à hora de servir.

 

QUICHE DE TOMATE

INGREDIENTES:

Para a massa:
300g de farinha
130g de margarina
70g de água
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de açúcar

Para o recheio:
3 tomates de rama, maduros, às rodelas
1 lata de cogumelos laminados
Azeitonas pretas, sem caroço, às rodelas q.b.
Queijo ralado q.b.
3 ovos
1 pacote de natas
Orégãos q.b.
Sal e pimenta q.b.

Preparação:

Prepare a massa, colocando no copo todos os ingredientes pela ordem indicada. Programe 15seg, Vel 6.
Forre uma tarteira com a massa e pique-a com um garfo antes de cozer para que esta não enrole.
Para o recheio, disponha os cogumelos, o tomate, as azeitonas e o queijo ralado. Polvilhe com orégãos.
Numa taça, bata os ovos e as natas, tempere com sal e pimenta, e deite por cima da massa.
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 25 minutos, ou até ficar dourado.

 

BRUSCHETTAS DE TOMATE

INGREDIENTES:

2 pães de mistura
3 tomates lavados, sem sementes e cortados em cubos
2 dentes de alho picados
Queijo flamengo ralado (podem ser outros queijos)
Salsa e sal grosso q.b.
4 colheres (chá) de azeite

Preparação:

Cortar os pães a meio, misturar os tomates, o alho e o sal grosso e barrar o pão com o preparado e polvilhar com queijo. Colocar numa tabuleiro e levar ao forno a 200ºC, até o pão tostar e o queiho derreter. Por fim regar com azeite e polvilhar com salsa. 

Fonte: http://kitchenet.aeiou.pt/

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Luzia Santos:

 

"DOCE DE TOMATE

 
Uma receita tradicional adaptada aos apressados tempos modernos.
 
Na panela de pressão coloque dois quilos de tomate, de boa qualidade,  bem limpo de peles e grainhas, com 1 kg de açúcar, uma casquinha de limão e um pau de canela. Leve a ferver por cerca de quinze minutos.
Findo o tempo necessário desligue o fogão mas deixe que a panela perca toda a pressão no seu ritmo próprio. Destape a panela e volte a ligar o fogão. Deixe ferver por cerca de mais dez minutos para secar um pouco e engrossar, mexendo sempre.
Deixe arrefecer e delicie-se com este doce maravilhoso.
Umas tostas ou fatias finas de pão alentejano e uma bebida fresca vão muito bem com o doce agora no verão.
Se lhe sobrar algum aproveite as tardes frias de inverno e saboreio com um belo chá a acompanhar.
 
Bom apetite!"

 SAM_1264.JPG Créditos fotográficos: Luzia Santos

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Lurdes Martinho:

 

"TOMATES RECHEADOS

INGREDIENTES:

8 tomates médios
800g de carne picada (porco e vaca)
2 colheres de sopa de azeite
1 cebola
1 dente de alho

2 ovos

1 chávena de arroz cozido. (o arroz pode ser substituído por cous cous).
1 colher de chá de oregãos

sal , tomilho e pimenta q.b.

Preparação:

Lavam-se os tomates, corta-se uma tampinha e com uma colher escava-se o interior. Deixam-se escorrer sobre papel absorvente e guarda-se a polpa retirada.
Aloura-se a cebola e o alho, junta-se a carne picada e deixa-se cozinhar. Deita-se a polpa do tomate sem sementes e tempera-se com o sal, pimenta, orégãos e o tomilho. Deixe cozinhar cerca de 20 minutos em lume brando até a carne estar apurada. Mistura-se o arroz cozido (convém cozer com antecedência para secar bem), os ovos batidos e envolve-se tudo
Colocam-se os tomates num prato de ir ao forno e salpicam-se com umas pedrinhas de sal. Enche-se cada tomate com a carne picada e coloca-se a tampinha em cada um.
Vai ao forno previamente aquecido (180ºC) cerca de 15 a 20 minutos para cozinhar o tomate. Este deve ficar macio mas não muito mole.
Servem-se com uma salada de alface e um pouco de arroz branco (opcional)."

tomate_recheado.pngCréditos fotográficos: Lurdes Martinho 

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Natalina Asseiceira:

 

"SOPA DE TOMATE COM QUEIJO PARMESÃO

 

 

INGREDIENTES:

750gr de tomate maduro

7,50dl de água

Queijo parmesão (ralado)

Cebola

Azeite

Sal


Faz-se um refogado ao qual se junta 750gr de tomate bem maduro, adiciona-se sal e 7,50 dl de água e vai à cozer. Por fim passa-se pelo passe vite ou com a varinha mágica e junta-se uns coentros.

Serve-se de imediato com queijo parmesão ralado."

 

14102075_10206568419040273_1614918065_n.jpgCréditos fotográficos: Natalina Asseiceira 

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Manuela Mesquita:

 

"ARROZ DE TOMATE COM FEIJÃO

 

INGREDIENTES:

Tomate

Azeite

Cebola,

Louro,

Alho,

Feijão (cozido)

Vinagre

Coentros

 

Faz-se um refogado com azeite, cebola, alho picadinho,  e louro. Junta-se o tomate limpo de peles e sementes e deixa-se cozinhar em lume brando. Adiciona-se uma medida de arroz carolino e envolve-se bem o arroz no refogado. Junta-se três medidas de água e tempera-se  sal. Após o arroz ferver um pouco coloca-se o feijão cozido, mistura-se um pouco de vinagre, tapa-se o tacho e deixa abrir o arroz. Antes de servir.polvilha-se com coentros."

IMG_20160818_133035 (1).jpg Créditos fotográficos: Manuela Mesquita 

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Natalina Asseiceira:

 

"DOCE DE TOMATE

 
INGREDIENTES:
 
1 kg de tomate maduro
650g de açúcar
Um pau de canela
Raspa de limão.
 
 
Retira-se a pele e as sementes ao tomate, corta-se em pedaços e coloca -se numa panela, junta-se o açúcar, o pau de canela e a raspa de limão. Quando ferver reduz-se o lume e mexe -se com frequência. O ponto  é o que se desejar, mais líquido ou mais expesso, conforme o gosto.
 

14182315_10206633859516244_1997220162_n.jpgCréditos fotogáficos: Natalina Asseceira 

 

Receita com tomate como ingrediente principal, partilhada por Hortense Gonçalves:

 

"SOPA DE TOMATE

 

Sopa de tomate à moda da minha mãe ( come-se em dias mais frescos )

 

 

INGREDIENTES:

Azeite a tapar o fundo do tacho

Batatas

Ovos

2 cebolas cortadas grosseiramente ;

5 a 6 tomates sem pele cortados tb grosseiramente;

1 ramo de salsa pequeno;

pimentão doce pimenta

sal

 

Refoga-se tapado sem deixar queimar a cebola Junta-se água e deixa-se apurar Bate-se com varinha mas não muito Juntam-se 2 batatas médias às rodelas grossas Escalfam-se 2 ovos por pessoa Cortam-se  fatias de pão que se colocam numa saladeira e se escaldam com o caldo já pronto."

 

Foto Hortense.jpg

 Créditos fotogáficos: Hortense Gonçalves

 

Receitas com tomate como ingrediente principal, partilhadas por Eunice Silva:

 

"BERINGELAS RECHEADAS COM CARNE E TOMATE

 

 

INGREDIENTES

2 Beringelas
3 Tomates maduros
1 Cebola
2 Dentes de Alho
2 Colheres de sopa de Azeite
300 gr. Carne picada
Sal e pimenta q.b.
1 Colher sopa de salsa picada


PREPARAÇÃO

Lave bem as beringelas e corte-as ao meio no sentido do comprimento. Com a ajuda de uma colher ,escave o interior da beringela sem rasgar a casca. Pique a polpa da beringela em pequenos pedaços  , assim como a cebola e alho. Pele o tomate , retire as sementes e pique-o também em  pequenos pedaços. Leve um tacho ao lume com o azeite e refogue a cebola e o alho. Junte depois a beringela , o tomate e carne picada. Tempere com sal ,pimenta e deixe cozinha 10 minutos . Junte a salsa picada e envolva bem. Recheie as beringelas com este preparado. Se quiser pode colocar por cima queijo ralado.
Coloque-as num tabuleiro e leve ao forno quente (180ºC) durante 30 a 40 minutos, até estar cozinhada."

 

IMG_0027 (2).JPGCréditos fotográficos: Eunice Silva

 

 

 

                                                             "SARDINHAS FRITAS DE TOMATADA


Passar as sardinhas por farinha e fritar em óleo bem quente .

Faz-se uma cebolada com um fio de azeite, cebola em rodelas e alhos picados, tempera-se com sal e um fio de vinagre, junta-se o tomate cortados em pedaços, 1 colher café de açúcar, 1 ramo de manjericão e deixa-se apurar.

Coloca-se este molho por cima das sardinhas e reserva-se até ao dia seguinte."

1235.JPG Créditos fotográficos: Eunice Silva

FIOS - LINHO, ALGODÃO, LÃ E OUTROS

BORDADOS

 

Ponto-de-Cruz

Iniciei em 01/01/2016 uma abordagem sobre bordados, nomeadamente o ponto-de-cruz, nesse âmbito lancei o repto a algumas amigas,  para produzirem algo com uma imagem que desenvolvi em gráfico.

corujaJPEG.jpg

 

30/03/2016 - Chegaram mais projetos, nomedamente de Guilhermina Simões, Ana Maria Ribeiro, Clara Palminha e Fátima Esteves, estamos quase a chegar ao fim do prazo establecido para finalização das peças. 

 

1915680_10205426034322547_8365810964880959531_n.jp

 

Projeto de  Clara Palminha / Créditos fotogáficos: Clara Palminha

12910688_1118894451467547_802298956_n.jpg

12910939_1118895771467415_1603788977_n.jpg

 

Projeto de  Guilhermina Simões / Créditos fotogáficos: Luís Simões

028.JPG

 

Projeto de  Ana Maria Ribeiro / Créditos fotogáficos: Paulo Fatela

IMG_0750 (3).JPG

 

 Projeto de  Fátima Esteves / Créditos fotogáficos: Fátima Esteves

 

Ontem, 15/03/2016, recebi mais  fotos demonstrativas do desenvolvimento do projeto, no âmbito do ponto-de-cruz. Assim, divulgo neste post a fase de produção de Rosa Lagriminha, Eunice Silva e Docelina Cardoso.

D. Docelina Cardoso é uma senhora por quem tenho imensa estima, tem uma história de vida fortisima, há já alguns anos a doença teima em retilhar-lhe algumas capacidades, contudo com o apoio do Centro de Dia da Fajarda continua a caminhada e corresponde aos desafios, tranquilamente. Fiquei emocionado quando abri um e-mail com um conjunto de fotos, enviadas pelo amigo José Miguel Carvalho, técnico no Centro Dia, que registam a seneridade que carateriza a minha amiga. Muito obrigado D. Docelina, José Miguel Carvalho, Rosa Lagriminha e Centro de Dia da Fajarda. Bem hajam!

P3020273.JPG

P3150365.JPG

 

   Projeto de  Docelina Cardoso / Créditos fotogáficos: José Manuel Carvalho

10565238_1039186999452961_6508770544871999374_n.jp

  Projeto de  Rosa Lagriminha / Créditos fotogáficos: Rosa Lagriminha 

12516228_1186962451315471_2061103656_n.jpg

 Projeto de  Eunice Silva / Créditos fotogáficos: Eunice Silva 

 

Chegaram mais projetos, nomedamente de Márcia Branco, Carlota Branco e Manuela Mesquita

12028699_10154138731097439_3379781277185623136_o.j

 

  Projeto de  Márcia Branco e Carlota Branco / Créditos fotogáficos: Márcia Branco

 

12802734_995761790508652_1402467241722156856_n.jpg

12803297_995761903841974_8974273630807160431_n.jpg

12806099_995762197175278_7721940407245186685_n (1)

  Projeto de  Manuela Mesquita / Créditos fotogáficos: Manuela Mesquita

 

 

 

Chegaram mais projetos, nomedamente de Ana Paiva, Mariana Neves e Luisa Portugal  

 

WP_20160225_14_08_04_Pro (1).jpg

  Projeto (estudo) de Ana Paiva / Créditos fotogáficos: Ana Paiva

12784231_1081708828556265_968309152_n.jpg

  Projeto de Mariana Neves Créditos / fotogáficos: Mariana Neves

12794510_10208197645320213_529600126329661747_n (1

  Projeto de Luisa Portugal /  Créditos fotogáficos: Luisa Portugal

 

Chegaram hoje, 24/02/2015,  as primeiras fotos de uma peça,  ainda em fase de produção, de Lurdes Martinho.

 

20160214_183023.jpg

20160216_000606.jpg

20160223_223130.jpg

 Projeto de  Lurdes Martinho (marcação de colunas e carreiras,  inicio do ponto / fase de produção)

20160313_190416.jpg

 Avesso / Créditos fotogáficos: Lurdes Martinho